Início >> Noticia >> Turismo e gastronomia paraense brindam com negócios e sabores o trade de São Paulo

Turismo e gastronomia paraense brindam com negócios e sabores o trade de São Paulo

No Dia da D da programação da Feira Internacional de Turismo da Amazônia (FITA) em São Paulo, na noite desta quinta-feira (31), no restaurante Capim Santo, os atrativos do turismo e a originalidade da gastronomia paraense foram capazes de impressionar e de encantar as mais de 120 pessoas presentes ao evento, entre operadores de turismo, agentes de viagem e imprensa da Terra da Garoa, numa programação que englobou palestra show sobre o Destino Pará, rodada de negócios e jantar temático.

Quinze fornecedores paraenses (agentes de receptivo) estiveram na capital paulista para o encontro comercial com empresários do Sudeste, em programação que teve o menu preparado pelos paraenses chef Ofir Oliveira e boieira Lucia Torres, do Mercado do Ver-o-Peso. Para o secretário de Estado de Turismo, Adenauer Góes, “esses eventos aproximam os operadores, que são quem vendem o produto Pará, dos fornecedores paraenses”.

A noite fez parte de uma série de eventos promovidos pela Setur, que iniciou na segunda-feira (28)  e termina neste sábado (02), englobado menus degustação nos restaurantes Tordesilhas, Dalva e Dito, Capim Santo, e Mercado Público de Pinheiros, e também ciclos de palestras com cardápios elaborados pelos chefs paraenses Saulo Jennings Simões, Daniela Martins, Ofir Oliveira e Lúcia Torres, em companhia de chefs residentes em São Paulo, tais como Mara Salles, Alex Atala, Morena Leite, Roberto Smeraldi, Ricardo Maranhão, Elton Junior, Meia Noite, Ricardo Frugolli e Paulo Machado.

Estratégia - Desde que o Plano Estratégico de Turismo Ver-o-Pará passou a englobar o Plano de Desenvolvimento Pará 2030, a Setur trabalha suas estratégias de divulgação e promoção dos atrativos turísticos com foco na natureza e cultura, tendo a gastronomia como um forte alicerce do Turismo.

“Queremos articular, de forma sinérgica, a promoção do turismo e gastronomia. A região amazônica é muito diferenciada e queremos mostrar a pluralidade do destino através da sua gastronomia”, explica Adenauer Góes. Segundo a autoridade, o objetivo da secretaria com o Pará 2030 é apresentar um novo olhar sobre a cadeia de valor do Turismo e Gastronomia, vendo-o como um negócio, unindo as cadeias públicas e privadas.

“Vimos na gastronomia uma oportunidade de transformar o turismo em negócio. Começaram a surgir novos restaurantes, as pessoas vão para o Pará em busca do açaí e se surpreendem com a gastronomia. É um produto muito rico”, afirma o secretário que convidou os presentes a conhecer o destino e pediu aos agentes de viagens para trabalharem com mais afinco na venda do Pará. “Peço que deem uma oportunidade ao Pará e incluam esse destino na sua prateleira de produtos, pois temos muito a oferecer”, concluiu.

 

Texto: Israel Pegado

Fotos: Divulgação/Ascom Setur