Início >> Noticia >> Setur e UFRA celebram termo de cooperação técnica

Setur e UFRA celebram termo de cooperação técnica

Representantes da Secretaria de Turismo do Pará (SETUR) e da Universidade Federal Rural da Amazônia (Ufra) assinaram, nesta terça-feira (03), um termo de cooperação técnica entre as instituições. A parceria visa a uma cooperação técnica, científica, turística e cultural buscando o desenvolvimento de ações e projetos de capacitação, pesquisa e extensão em áreas de interesse em comum entre as duas instituições.

A parceria, que terá vigência inicial de 24 meses, prevê a realização de estudos e pesquisas sobre os insumos da gastronomia paraense, bem como ações voltadas para o meio ambiente, o turismo rural, o turismo de base comunitária, o fortalecimento de rotas turísticas do Pará, a produção associada ao turismo e soluções para deficiências de esgotamento sanitário e abastecimento de água, entre outros. As iniciativas deverão beneficiar, principalmente, os Polos Belém, Marajó e Amazônia Atlântica.

De acordo com o secretário de Estado de Turismo, Adenauer Góes, o Pará trabalha com um planejamento em turismo que contempla duas matérias-primas principais, a cultura e a natureza, sendo que esta última, em especial, levou à parceria com a Universidade. “Entendemos que a Ufra tem um sinergismo muito grande tanto nessa relação com a natureza quanto com a produção associada ao turismo. Sob essa ótica, a ideia é poder juntar parcerias que se transformem em ações na produção associada no campo. Esse termo de cooperação nos dá a possibilidade de, com a boa vontade demonstrada pela Ufra e pela Setur, juntarmos esforços que visem sinergizar as nossas ações buscando avançar cada vez mais na compreensão, no estado do Pará, do turismo como atividade econômica”, declarou.

O reitor da Universidade, Marcel Botelho, explica que a assinatura do termo é a culminância de uma série de discussões que vêm sendo realizadas entre as entidades. Segundo ele, a Ufra possui um grande potencial para colaborar com o fortalecimento do setor. “A Ufra pode contribuir a partir dos seus Campi e das suas fazendas, dentro da lógica de que o turismo começa com as pessoas. A Universidade trabalha essencialmente no campo, com a população local, e essa população tem uma cultura própria, aspectos religiosos, produção própria de alimentos. Tudo isso compõe o turismo da região”, diz.

Ele explica que uma das áreas de interesse da parceria será a fazenda-escola de Igarapé-Açu. “A fazenda está inserida numa rota turística desenvolvida pelo estado, que é a Belém-Bragança. No local, a Ufra tem anexada à sua área uma antiga base aérea, onde os norte-americanos se instalaram na época da Segunda Guerra Mundial. Essa base aérea conta um pouco da história do Pará, e essa rota foi a principal responsável pelo desenvolvimento da região Nordeste Paraense”. Ainda de acordo com o Reitor, “a Ufra se insere no contexto do turismo não só por esta área, mas também por poder trabalhar a produção agrícola e agropecuária, que também é parte turística. A Universidade entra como um ator importante, nos seus diversos cursos, não só os diretamente ligados à produção de alimentos”.

De acordo com o coordenador do Programa de Desenvolvimento do Turismo (Prodetur), Álvaro do Espírito Santo, haverá uma participação ativa da Ufra não apenas na Rota Turística Belém-Bragança, mas também nas Rotas Gastronômicas existentes: a do Queijo do Marajó, a da Comida Ribeirinha e a do Peixe da Esquina. “São quatro rotas já implantadas e mais duas que serão implantadas até o final do ano. Dentro do PRODETUR, nós temos também o projeto de saneamento da Ilha do Combu, que será financiado pelo Banco do Brasil e dentro do qual vejo uma grande possibilidade de participação da Ufra, mesmo porque a professora que desenvolveu a metodologia integra a Universidade”, explica Álvaro do Espírito Santo, referindo-se à Professora Vânia Neu. “Também há a possibilidade de parceria no âmbito do Centro Global de Gastronomia e Biodiversidade da Amazônia, que será implantado no Parque do Utinga", afirma o coordenador.

Participaram do ato oficial o Reitor da Ufra, Professor Marcel Botelho; o Secretário de Turismo, Adenauer Marinho Góes; os Pró-Reitores da Ufra de Extensão, Prof. Eduardo do Valle, de Gestão de Pessoas, Saulo Wanzeler, e de Administração e Finanças, Marcelo Vilela; os Pró-Reitores Adjuntos de Assuntos Estudantis, Prof. Antônio Moreira, de Pesquisa, Prof. Cândido Oliveira Neto, e de Planejamento e Desenvolvimento Institucional, José Raimundo Viana; o Coordenador do Programa de Desenvolvimento do Turismo (PRODETUR), Álvaro do Espírito Santo; a Diretora de Políticas da SETUR, Fátima Gonçalves; e a Coordenadora do Núcleo Técnico-Institucional, Juliana Saraiva.

(Com informações de Jussara Kishi - Ascom/Ufra)

Fotos: Israel Pegado – Ascom Setur