Início >> Noticia >> Setur conclui projeto Trilhas e Caminhadas no município de Salinópolis

Setur conclui projeto Trilhas e Caminhadas no município de Salinópolis

A Secretaria de Estado de Turismo (Setur) promoveu, entre os dias 16 a 27 de abril, no município de Salinópolis, polo Amazônia Atlântica, o curso de Condutor de Trilhas e Caminhadas, módulos I, II e III. O evento aconteceu na Colônia de Pescadores-29. Ao longo da formação foram realizadas a aulas teóricas e também práticas com trilhas no lago da Coca-Cola, localizado na praia do Atalaia e trilha do Ajuru, praia do Maçarico.

A ação é desenvolvida pelo Programa Estadual de Qualificação do Turismo (PEQTur) que tem como objetivo levar conhecimentos sobre trilhas, capacitando moradores da comunidade de Salinópolis e pessoas que pretendem atuar como condutores, os habilitando a conduzir os visitantes com segurança. Nesta ação foram capacitados 74 alunos. Vale ressaltar que em Salinópolis ainda não possui uma Unidade de Conservação (UC), porém o Instituto de Desenvolvimento Florestal e da Biodiversidade do Pará (Ideflor-bio) já faz estudos para a criação de uma unidade no município.

O curso consiste em três etapas. A primeira é de aulas teóricas com orientações básicas sobre leis que regem as Ucs. Na segunda os alunos aprendem na prática com realização de trilhas e, por fim, na terceira fazem curso denominado Atendimento Pré Hospitalar (APH), ministrado pelo Corpo de Bombeiros, no qual os condutores recebem instruções de atendimento para casos de acidentes durante o exercício da atividade.

“Acho importante essa atividade de turismo na cidade, pois ela depende praticamente do turismo e as oportunidades de trabalho bem escassa. O curso traz muitos benefícios para a comunidade e desenvolvimento para região. É mais um produto para a gente trabalhar, gerando interesse ao turista ao vir motivado para fazer o passeio, ou fique mais um dia por causa do passeio. Já cumpre com o objetivo de fomentar o comércio local e o que é mais interessante, a comunidade se envolvendo nisso é mais uma renda”, conta Geraldo Ramos Barros, 35 anos, administrador e presidente da Rede de Desenvolvimento Sustentável e Turística (Redestur) da Amazônia Atlântica.

A gerente de Qualificação Profissional e Coordenadora do PEQTur, Flávia Lima, ressalta a importância e potencialidade do curso e seus benefícios para o turismo e região “Nós temos que ressignificar estes espaços, qualificar e dar uma destinação sustentável, porque nós temos um tesouro, um patrimônio natural inestimável pro mundo”.

Para a realização do projeto, a Setur conta com as parcerias do 13º Grupamento de Bombeiro Militar-GBM de Salinópolis, Rede de Desenvolvimento do Turismo (Redestur), Instituto Federal do Pará (IFPA) Campus Salinópolis, Serviço Brasileiro de Apoio às Micro e Pequenas Empresas (SEBRAE) e Fórum de Turismo da Amazônia Atlântica.

 

Texto: Carolina Barbosa, sob supervisão da Ascom Setur

Fotos: Divulgação/ Ascom Setur