Início >> Noticia >> São Geraldo do Araguaia recebe curso de condutor de Trilhas e Caminhadas

São Geraldo do Araguaia recebe curso de condutor de Trilhas e Caminhadas

A Secretaria do Estado do Pará (Setur) promove esta semana os módulos I e II do curso Condutor de Trilhas e Caminhadas, no município de São Geraldo do Araguaia, localizado no polo turístico Araguaia Tocantins. O módulo I, que teve início no dia 19, é realizado com a parceria e na base administrativa do Instituto de Desenvolvimento Florestal e Biodiversidade (Ideflor-Bio) até esta sexta-feira (23). O módulo II acontecerá no Parque Estadual da Serra dos Martírios/Andorinhas (Pesam), no período da tarde da sexta-feira (23). A ação conta ainda com as parcerias do Batalhão de Polícia Ambiental Militar do Estado (BPA) e Serviço Brasileiro de Apoio as Micro e Pequenas Empresas (Sebrae).

A capacitação faz parte do Programa Estadual de Qualificação do Turismo (PEQTur) e tem como premissa levar conhecimento aos moradores do entorno do Pesam, profissionais da área do turismo e pessoas que pretendam atuar como condutores. Com aulas práticas e teóricas sobre Unidades de Conservação, Gestão Ambiental, Ecoturismo, Animais Peçonhentos, Técnicas de Condução, a ação oferece aos alunos uma ferramenta capaz de aumentar a eficiência, aprimorar a qualidade dos serviços prestados e ampliar sua competitividade, com vistas a integrar o produto turístico e contribuir para o desenvolvimento do setor, numa perspectiva de empregabilidade, melhoria da qualidade de vida, desenvolvimento sustentável e autogestão.

Ana Paula Santos, de 28 anos, turismóloga, conta como o curso ajudou a aprimorar a qualidade dos serviços prestados, fornecendo mais conhecimento para atuar em sua atividade profissional e na empresa “Nós na Trilha”, na qual hoje é gestora com mais duas pessoas. “Graças ao curso ofertado pela Setur tenho autonomia para conduzir nesse ponto de referência a biodiversidade. Todos os gestores da empresa fizeram o curso, que só veio a somar com o conhecimento que já tínhamos”, diz.

Na parceria entre Setur e BPA já foram formadas onze turmas com um total de 674 pessoas qualificadas entre 2015 e 2018, focando as aulas práticas nas trilhas de diversas Unidades de Conservação (UC) como o Parque Estadual do Utinga (PEUT), Refúgio de Vida Silvestre (REVIS), nas Ilhas do Combu, Cotijuba e das Onças; Soure e Salvaterra na APA Marajó, Parque Estadual de Monte Alegre – PEMA e APA Algodoal/Maiandeua.

Flávia Lima, gerente de Qualificação Profissional da Setur e coordenadora do PEQTur, fala sobre a importância do curso. “Quando se está conduzindo um grupo de pessoas em uma trilha é necessário que se tenha uma capacitação, em casos de ocorrência de qualquer tipo de acidente. O aluno aprende a partir das aulas práticas, estabilizar a vítima, quando for o caso, para que ela seja encaminhada com segurança”, conclui.

Para o desenvolvimento do projeto Condutor de Trilhas e Caminhadas, a Setur conta com recursos e patrocínio do Banco da Amazônia. Os módulos I, II e III do curso têm garantido o apoio financeiro do banco e do governo federal, na promoção do desenvolvimento integrado da região amazônica.

Texto: Carolina Barbosa, sob a supervisão da Ascom Setur

Fotos: Divulgação/Ascom Setur