Início >> Noticia >> Prêmio de Jornalismo em Turismo prorroga inscrições até 6 de novembro

Prêmio de Jornalismo em Turismo prorroga inscrições até 6 de novembro

As belezas, encantos e peculiaridades do Pará vistos pelos privilegiados olhares da Imprensa local. Essa é tônica do IV Prêmio de Jornalismo em Turismo Comendador Marques dos Reis, cujas inscrições seguem abertas até o dia 6 de novembro. Organizada pela seção Pará da Associação Brasileira de Jornalistas de Turismo (Abrajet), com apoio do governo do Estado, a premiação reconhece o trabalho de profissionais e amadores de imprensa e do turismo que tenham produções publicadas no período de 1º de agosto de 2016 a 1º de novembro de 2017, obedecendo aos critérios do regulamento.

Podem concorrer ao prêmio profissionais da comunicação que tenham produzido conteúdo jornalístico sobre o turismo no Pará, estudantes universitários de Comunicação Social e qualquer pessoa que tenha publicado no Instagram uma imagem com a temática turística usando a hashtag #meubempará. “O prêmio objetiva valorizar o trabalho de profissionais da comunicação que divulgam as potencialidades turísticas do Estado, como os pontos turísticos, a gastronomia, os roteiros, ou seja, que ajudam a dar ao Pará visibilidade para o resto do mundo”, explica a presidente da Abrajet-Pará, Isa Arnour.

Essa valorização é o maior legado do prêmio, na opinião da presidente do Sindicato dos Jornalistas do Pará (Sinjor), Sheila Faro. “O governo do Estado percebeu a importância de, por meio da comunicação, fomentar o turismo. Ao mesmo tempo, reconhece o trabalho dos profissionais e valoriza o conteúdo que dá visibilidade às riquezas do Pará. Nós, do Sinjor, apoiamos fortemente a premiação e ficamos felizes em ver que a categoria entra numa competição saudável que ajuda a aprimorar o trabalho a cada ano. Quem ganha com isso, no final, é o Estado”, afirma.

Aprimoramento

Para os profissionais, o Prêmio de Jornalismo em Turismo Comendador Marques dos Reis é fundamental no reconhecimento de um trabalho que é feito com afinco e dedicação em nome do Pará. O repórter fotográfico Tarso Sarraf, que venceu o prêmio ano passado na categoria fotojornalismo com o trabalho “Olhares nativos do Ver-o-Peso”, publicado na Revista Amazônia Viva, diz que receber a premiação foi um marco na carreira. “A categoria de fotojornalistas recebe com alegria essa valorização. Todo ano nos mobilizamos para fazer pautas especiais com a temática, o que sempre gera abordagens interessantes. Fiquei honrado em ser premiado no ano passado”, assinala.

O jornalista Celso Freire, que este ano concorre novamente com reportagens para rádio – veículo pelo qual já foi agraciado no prêmio –, também está ansioso pelo anúncio dos vencedores. “É uma oportunidade de mostrar o que o Pará tem de melhor para o Brasil e o resto do mundo. Gosto de fazer reportagens especiais, pois nelas podemos trabalhar melhor a informação, no meio da correria das pautas diárias. Temos um Estado rico que precisa ser divulgado, e o prêmio garante essa oportunidade”, diz.

Linguagens

Nesta edição, o concurso é direcionado para três categorias: profissional, #meubempará e universitários. “A grande novidade é a inserção da categoria ‘universitários’. Os estudantes do curso de Comunicação Social poderão inscrever trabalhos acadêmicos, de estágio ou de livre publicação”, destaca Isa Arnour. “Visitamos as universidades e faculdades e constatamos o grande interesse dos estudantes em participar do prêmio. Por isso decidimos ampliar o prazo de inscrições, para dar oportunidade a todos que queiram participar”.

Na categoria profissional, direcionada a jornalistas e fotógrafos especializados em turismo, serão escolhidos cinco vencedores que concorrerão nas seguintes subcategorias: jornalismo impresso, jornalismo online, radiojornalismo, telejornalismo e fotojornalismo. O primeiro colocado em cada subcategoria receberá a quantia de R$ 7 mil cada.

Na categoria “#meubempará”, de concorrência geral, isto é, voltada aos profissionais da área de turismo, assim como internautas de quaisquer áreas de atuação, independentemente de formação – bastando apenas que faça a divulgação do turismo do Estado nas mídias sociais –, serão premiadas cinco imagens. Cada vencedor vai receber R$ 1 mil. Na categoria “universitário” podem concorrer os acadêmicos do curso de Jornalismo, que poderão inscrever materiais seguindo as mesmas subcategorias do profissional.

O IV Prêmio de Jornalismo em Turismo é promovido pela Abrajet, com apoio da secretarias de Estado de Turismo (Setur) e de Comunicação (Secom), da Abrajet/ Nacional e do Sinjor.

Serviço: IV Prêmio de Jornalismo em Turismo Comendador Marques dos Reis. Inscrições de materiais até 6 de novembro de 2017. Informações pelo telefone (91) 98152-2882, pelo e-mailabrajetpara@gmail.com ou no site www.premiodejornalismo.pa.gov.br.

 

Texto: Luiz Carlos Santos

Fotos: Agência Pará