Início » Noticia » Governo garante investimento na revitalização do Teatro Museu da Marujada, em Bragança

Governo garante investimento na revitalização do Teatro Museu da Marujada, em Bragança

Com mais de 200 anos de existência, a Marujada de São Benedito, principal manifestação cultural e religiosa de Bragança, no Nordeste do Pará, realizada sempre em dezembro, foi retomada após interrupção em 2020 por conta da pandemia de Covid-19. Com adaptações para evitar aglomeração, o evento cumpriu os protocolos preventivos, com exigência de comprovação de vacinação, uso de máscaras e higienização das mãos.

 
Marujada é manifestação cultural e religiosa de Bragança

O palco das apresentações foi o Teatro Museu da Marujada, que recebeu arquibancadas para melhor acomodar o público. As melhorias no espaço serão ampliadas com o convênio entre governo do Estado e a Prefeitura de Bragança, assinado hoje para revitalização do espaço cultural. O investimento nas obras totalizará R$ 778.320,00. O projeto inclui serviços no piso, climatização e novos banheiros, inclusive para pessoas com deficiência.

 
O governador Helder Barbalho participou da festividade, e na ocasião autorizou investimentos na valorização da cultura e da infraestrutura da região. “Hoje é um dia de muita felicidade, de mais um momento de devoção a São Benedito, de mais uma Marujada, esta festividade religiosa que se confunde com a cultura, dança, música e história do povo de Bragança. Fico muito feliz de estar junto com a comunidade bragantina festejando este momento”, afirmou o chefe do Executivo estadual.
 
Presente - Para o presidente da Marujada, João Batista Pinheiro (conhecido por Careca), também diretor do Museu, as melhorias são um presente para o espaço, que foi inaugurado em 26 de dezembro. “Ano passado não fizemos nada, e hoje estamos reunidos felizes e com a fé de cada marujo em São Benedito. Esse convênio do governo com a prefeitura, fruto de emenda parlamentar do deputado federal Hélio Leite, vem para abrilhantar. Nós, marujos e marujas, estamos muito felizes. O Museu é da população, do município e, de modo especial, da Marujada”, afirmou João Pinheiro.
 
Segundo o morador de Bragança há mais de 20 anos, Otávio Amorim , “é um dia muito especial. O povo de fora da cidade vem prestigiar. É muito emocionante! É uma felicidade muito grande. O espaço é pequeno para comportar a quantidade de pessoas, e a reforma vem em boa hora, para ser ainda mais acolhedor”.
 
No final da manhã, os marujos e marujas – participantes da Marujada - saíram no tradicional cortejo pelas ruas de Bragança, finalizando no almoço do Juiz, um momento de celebração e agradecimento pelas bênçãos, em forma de alimentos.
 
Também participaram os secretários de Estado de Cultura, Ursula Vidal, e de Turismo, André Dias; os deputados federais Celso Sabino e Hélio Leite, e os deputados estaduais Heloísa Guimarães e Vitor Dias.
 

Por Dayane Baía (SECOM)